É obrigatório ter alternativa a embalagens de plástico no comércio

A partir de janeiro, os comerciantes de pão, fruta e hortícolas são obrigados a fornecer alternativas aos sacos de plástico.


Em 2022, passa a ser obrigatório fornecer alternativas a sacos e caixas de plástico nas lojas a retalho de panificação (pães e bolos), frutas e hortícolas. A partir de 1 de junho de 2023, este tipo de embalagem será totalmente proibido. A grande distribuição em Portugal tem vindo a adaptar-se a esta diretiva europeia através de diversas medidas.

Sacos reutilizáveis em poliéster, sacos de papel e sacos de algodão ou juta são algumas das alternativas de embalagens ecológicas disponibilizadas aos clientes desde, pelo menos, 2020. O Jornal de Notícias fez um apanhado das opções adotadas pelas principais cadeias de distribuição.

Pingo Doce: disponibiliza “sacos reutilizáveis em poliéster para acondicionamento de fruta e legumes vendidos a granel”. Na secção de padaria, são privilegiados sacos de papel.

Continente: permite aos clientes a utilização de embalagens herméticas (como tupperwares, que até podem ser levados de casa), na charcutaria e takeaway. Na padaria e frutas e legumes, os clientes podem “levar os seus próprios sacos”. Estão disponíveis sacos reutilizáveis de diferentes materiais, como “algodão, rede de poliéster e juta”.

Intermarché: disponibiliza, na padaria, sacos de papel sem janela. Para as frutas e os legumes, há sacos de papel, sacos reutilizáveis 100% de algodão e 100% de poliéster, para venda.

Auchan: tem várias opções reutilizáveis e que podem incorporar até uma percentagem de materiais reciclados e embalagens em papel. Os clientes “podem utilizar, também, as suas próprias embalagens reutilizáveis” para transportar produtos de gastronomia, queijaria, charcutaria, pastelaria, talho e peixaria.

Lidl Portugal:  lançou, os “Green Bags – sacos de poliéster reutilizáveis e 100% recicláveis” para o transporte de frutas e legumes ou produtos de panificação. A empresa permite outras soluções como “caixas de cartão vazias – uma alternativa adotada por muitos clientes”.

Mercadona: tem nos seus supermercados “opções de sacos compostáveis”.

Scroll to Top