Exportações portuguesas devem crescer 6,5% em 2022

O setor empresarial português prevê um crescimento de 6,5% na exportação de bens em 2022. 


O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou os dados relativos às perspetivas económicas em 2022. De acordo com as notas, as empresas portuguesas deverão subir 6,5% nas exportações de bens, em comparação com o ano anterior.

Os dados agora divulgados são o resultado do Inquérito sobre Perspetivas de Exportação de Bens (IPEB), realizado em novembro passado pelo INE, correspondendo à primeira previsão das empresas para a evolução esperada das exportações de bens este ano. A confirmarem-se, estas perspetivas revelam que em 2022 os valores de exportações de bens poderão ser superiores aos registados no período pré-pandemia.

Os dados apontam ainda para a estimativa das empresas relativas a um acréscimo de 7,7% nas exportações para os mercados Extra-UE e de 6,0% para os países Intra-UE.

Análise dos dados por Grandes Categorias Económicas (CGCE) destacam-se as seguintes exportações a nível internacional:

  • Máquinas, outros bens de capital (exceto o material de transporte) e seus acessórios: +9,3%
  • Produtos alimentares e bebidas: +5,3%
  • Fornecimentos industriais não específicos noutra categoria: +5,0%
  • Material de transporte e acessórios: +3,8%
Scroll to Top