Vem aí um lnfoday do Conselho Europeu da Inovação

O Conselho Europeu de Inovação (EIC) apresenta em mais um infoday dedicado ao Programa de Trabalhos e esquemas de financiamento, já no dia 22 de fevereiro.


22 fevereiro

Online

O Conselho Europeu de Inovação (EIC) está a organizar um infoday dedicado ao Programa de Trabalhos da entidade em 2022, abordando os esquemas de financiamento. O evento está agendado para o dia 22 de fevereiro, entre as 9h30 e as 16h30, em formato digital. 

A apresentação do evento será feita em inglês no canal Youtube do EIC, sem obrigatoriedade de registo prévio. Os participantes terão também a oportunidade de colocar questões sobre os esquemas de financiamento através de Sli.do (código do evento: #EIC)

Nesta sessão, diversos especialistas irão abordar as principais novidades do Programa de Trabalho, assim como os três esquemas de financiamento fornecidos pelo EIC: 

  • EIC Pathfinder, para investigação avançada sobre tecnologias revolucionárias;
  • EIC Transition, para transformar os resultados da investigação em oportunidades de inovação;
  • EIC Accelerator, para empresas individuais desenvolverem e ampliarem inovação revolucionárias com alto risco e impacto. 

O EIC tem um orçamento de 10,1 mil milhões de euros para investir entre 2021 e 2027 em pequenas e médias empresas, pelo que promete desempenhar um papel especialmente relevante no ecossistema europeu de inovação. O apoio a investigadores e empreendedores é o principal objetivo do programa, com uma forte aposta na nutrição de inovações tecnológicas e no acompanhamento da jornada da ideia no mercado. 

Saiba mais sobre o evento aqui

Estabelecida a 1 de abril de 2021, a EISMEA agrupa numa só agência todas as atividades do Conselho Europeu de Inovação e os programas relacionados com as pequenas e médias empresas, nomeadamente o EIC, O Programa de Mercado Único e os Investimentos para Inovação Inter-regional. 

A sua missão é dar apoio aos inovadores, investigadores, empreendedores e consumidores europeus. Tendo como objetivo o reposicionamento da Europa como líder na investigação e inovação, o fortalecimento do Mercado Único e a abertura às PME, a instituição mantém altos níveis de proteção dos seus cidadãos numa União Europeia mais competitiva, digital e sustentável.

Scroll to Top